Visualizar:

▼ Textos
  • Como perder a virgindade sem doer muito?

    15

    Fev
    15/02/2010 às 21h50
    Olhe, penso que a primeira coisa a fazer é você escolher bem seu/sua parceiro. Não sei o seu sexo, pois tanto homens como mulheres podem ser virgens e, no caso do gay, este pode ter medo de sentir dor na posição de ser penetrado. A perda da virgindade é chamada de defloramento no caso da mulher. Homens e mulheres podem ser virgens em termos anais. De qualquer forma, eu te tratarei como se fosse uma mulher. Antes de decidir perder realmente a virgindade, é esperado que você conheça bem seu corpo, que saiba se dar prazer sozinha (auto-prazer) e que escolha um local em que se sinta tranqüila para o ato. É esperado que você já tenha explorado bem sua anatomia para ter identificado o tipo de hímem que possui. Há muitos tipos e formatos que, dependendo, precisarão de ajuda médica para a liberação da entrada do pênis. O contrato para a primeira relação sexual com penetração deve ser feito com base na sinceridade e verdade, portanto, nada de fingir que é experiente, pois isso é arrogância. Uma atitude humilde é aceitar que todos terão a sua primeira vez e que isso não é pecado e nem vergonhoso. Essa regra é para que não haja pressa ou afobação no ato e que você tenha controle e segurança sobre o que vai ocorrer e sentir. Segundo tópico a ser esclarecido: se você sentir alguma dor, desconforto ou mesmo nojo com a penetração, seu parceiro deverá parar o ato imediatamente. Combine previamente um sinal ou fala para que a pessoa pare com a atividade sexual. Pode ser um simples: "pare!" até, um sinal negativo com o dedo indicador. Essa regra é para que você se sinta respeitada e validada positivamente em suas necessidades, afetos, sensibilidades e limites. Terceiro tópico: usar lubrificante íntimo e preservativo, mesmo para o sexo oral. Nada de idealizar a primeira relação sem o uso do preservativo, pois, caso seja mulher, poderá engravidar e/ou pegar uma DST. A primeira vez é recheada de fantasias e a camisinha não é inserida nessas imagens internas (todos somos vítimas do mito do amor romântico). Se for homem, a penetração sem preservativo poderá lhe trazer DST, AIDS ou alguma outra doença ligada ao reto. Caso seu parceiro queira sexo anal ou no caso de uma relação homossexual masculina pela primeira vez, é importante que haja completa limpeza do ânus, bem como algumas brincadeiras prévias para que haja relaxamento (o sinal número 1 de que não haverá dor). As brincadeiras prévias podem ser a inserção do dedo com luvas, bem como o uso dos "sex toys" - brinquedos sexuais (estou te tratando como gente grande e sem medo de saber que a realidade é realmente complexa). Reforço dois outros detalhes: escolha do local em que haja tempo e silência suficientes para brincarem e explorarem as maravilhas do ato sexual escolha adequada do parceiro: alguém que se sinta atraída(o), que não sinta nojo ou repugnância e que, sobretudo, seja respeitador. Há um ditado masculino que diz que não basta ter tido relações sexuais com a S. Stone (a loiraça linda e atraente de Hollywood), mas que TODOS devem saber disso. Assim, cuidado com quem você escolher, pois, dependendo de quem for, haverá a necessidade de espalhar para todos que você perdeu a virgindade e isso está ligado a sua privacidade e intimidade. Combine previamente esse tópico com seu parceiro para não se decepcionar depois.
    Resolvido isso, durante o ato em si, brinque bastante com o seu corpo e também com o do parceiro. Não permita que nenhum pensamento negativo, derrotista ou mesmo de culpa tire o seu desejo de ter orgasmo e prazer. Se houver bastante preliminares, provavelmente você ficará com muito desejo de intimidade e portanto de ser penetrada. Aqui, é importante que tenha se alimentado corretamente, que não tenha feito uso de drogas ou álcool (inibidores do orgasmo!) e que sua saúde esteja boa ou muito boa. Segundo os mandamentos do sexo prazeroso, quem pratica exercícios físicos têm maior qualidade no orgasmo. Portanto, faça caminhadas ou exercícios antes para "aquecer" o corpo e não ficar cansada com as brincadeiras.
    Caso haja dor insuportável ou que seu parceiro não consiga romper o seu hímem, é importante interromper o ato e procurar ajuda médica. Nada de ser valente, heroína ou aquela mulher que aceita sofrer por amor! Isso é coisa de mulher tipo "Amélia" e é coisa do passado. Não permita que seu parceiro faça algum corte com gilete, faca ou outro instrumento que ele possuir, pois poderá haver hemorragia ou infecção o que complica demais. Há casos em que o hímem precisa de ser extraído através da cirurgia. Finalmente: boa sorte e compartilhe sua experiência depois do ato inaugural. Espero ter ajudado.
    Bom, converse com o seu parceiro para explicar que é um momento novo, que está fazendo pela primeira vez e que gostaria de ser tratada com carinho para evitar futuros aborrecimentos.

    Digite os números da imagem ao lado:

    Comentar
    • Imagem Usuário

      loirinha:

      07/01/2011 às 14h56
      mesmo com tudo isso ainda tenho medo! Sou muito nova mais sinto um tesão mto forte e queria baixar o meu fogo uma bela rola entrano e saindo em mimi! só ler essas coisas que fico me masturbando na cadeir a do pc! (aii)

    • Imagem Usuário

      para mim:

      22/03/2010 às 15h26
      paramim

    • Imagem Usuário

      para mim:

      22/03/2010 às 15h24
      paramim

Home |  Blog Grátis |  Hospedagem HTML Grátis |  Quem somos |  Parceria |  Anuncie |  Ajuda
Trabalhe no XPG |  Política de Privacidade |  Política de Segurança |  Denúncia © 2004-2014 XPG | Siga esta corrente